quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Cirque du Soleil







Foi um Delirium, é facto. Era tanto o que se passava em palco que os nossos dois olhinhos não chegavam para abarcar tudo. Muito interessante a sobreposição de imagens, o jogo entre o virtual e o real, as imagens a contracenarem com os artistas presentes em palco. Porém, esperava mais para além dos efeitos especiais, quem sabe mais artes circenses, um pouco mais do factor humano... Demasiado dispendioso, apesar do aparato. Fez-me lembrar (saudosamente) os magníficos Arts Sauts.

Sem comentários: