sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Obrigada, Senhor Presidente.

Quero nesta ocasião dirigir uma palavra de especial apreço e de público reconhecimento aos dadores de sangue. Graças ao seu esforço generoso, vidas são salvas todos os dias e dar sangue é de facto dar vida.

Declarações do chefe de Estado no final de uma visita ao Instituto Português do Sangue.

2 comentários:

Rui Baptista disse...

Por acaso já era minha intenção, agora que vou ter mais tempo, doar sangue com maior frequência (tanto quanto possível). Não custa assim tanto e pode ajudar muitas pessoas...

Poison Ivy disse...

Ainda bem que estás a pensar nisso, até hoje, só consegui recrutar dois amigos... Os homens podem dar sangue de 3 em 3 meses, as mulheres de 4 em 4. Somos sempre muito bem tratados e saímos de lá satisfeitos por sabermos que vamos fazer a diferença na vida de alguém. Por isso, força!