sexta-feira, 12 de novembro de 2010

A Rapariga Dinamarquesa de David Ebershoff


Traduzida por esta rapariga portuguesa. Cito, do sítio da Porto Editora:

Um dos aspectos mais interessantes do livro é, sem dúvida, o facto de se basear numa história real da primeira metade do Séc. XX. Isso mostra que a questão da chamada "identidade de género" não é nova. Aliás, A rapariga dinamarquesa aborda uma série de dilemas vividos por uma pessoa que nasceu com um corpo - com um género - com o qual não se identifica.A obra vai ser adaptada para o cinema e o filme será protagonizado por Nicole Kidman. Mais aqui.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Até já me tinha esquecido como era passar um belo fim-de-semana...

Fim-de-semana longe das tecnologias, desfrutando de boa companhia, boa comida e sol! Ah, já tinha saudades...


Fomos de limusina para cabermos todos...


Saímos no nosso pequeno iate para evitar o trânsito.

Desportos radicais!

As primas a caminho da piza.

A pizaria/susharia tem uma decoração catita!

domingo, 5 de setembro de 2010

Avante!

Passou-se mais de uma década desde a última vez que fui à festa do Avante!. Devido a um inesperado convite, não consegui resistir e lá fui em boa companhia até à Margem Sul. Muita, muita gente, o Avante! continua a ser uma festa eclética com um ambiente excelente. No meio da multidão, encontrei gente conhecida e colegas de faculdade que não via há anos. Obrigada pelo convite e agradável companhia, Safaa!

A mensagem continua espalhada pelo recinto.

A Naifa

Deolinda


Na Festa do Livro, um dos "meus"!


Tocá Rufar e um mar de Gente...


domingo, 29 de agosto de 2010

Mine!


O Mago - Mestre de Raymond E. Feist


Certamente já toda a gente reparou que já foi editada a 2ª parte desta magnífica obra de fantasia: O Mago - Mestre. Diz quem leu (e quem traduziu) que se trata de uma saga imperdível! O Corvo opinou aqui e a Rita aqui.
Sinopse:
A paz é já uma memória esbatida para os povos de Midkemia. A guerra continua, mas Pug e Tomas seguem rumos diferentes. Tomas herda um legado de grande poder oriundo de uma civilização antiga. Mas uma luta interna leva-o a duvidar sobre qual deverá ser o seu destino. Por outro lado Pug, após ter sido capturado, é levado para as exóticas terras de Kelewan e irá aprender a dominar a dualidade do seu enorme poder. Pug é agora Milamber. E terá que enfrentar um inimigo mais antigo do que o próprio tempo. Entretanto, o Reino estremece com a ascensão de Guy de Bas-Tyra e tem início uma nova disputa pelo trono.

domingo, 11 de julho de 2010

Diz que és um deles de Uwem Akpan


"E se sacrificar a nossa própria vida não fosse o suficiente para garantir a sobrevivência daqueles que mais amamos? É o que acontece nesta África relatada por Akpan. As histórias, passadas na Nigéria, Quénia, Etiópia, Benim e Ruanda, falam-nos das vidas arriscadas e confusas das crianças africanas e da luta pela sobrevivência. Contadas na primeira pessoa, de forma comovente e realista, estas histórias humanizam os perigos da pobreza e da violência e revelam uma prosa que tem tanto de crua como de delicada. Numa emocionante e arrebatadora estreia, Uwen Akpan apresenta-nos um continente como nunca o imaginámos."

Sinopse de Diz que és um deles, traduzido por mim, que foi publicado há uns meses pela Porto Editora. Quem leu e opinou foi a Silent Raven n' As Leituras do Corvo.

Fernando Nobre apresenta "Diz que és um deles" de Uwem Akpan (Câmara Cla...

terça-feira, 23 de março de 2010

Café com Monstra




A divulgação da Monstra (que decorreu entre 11 e 21 de Março), nos pacotinhos de açúcar da Delta, o meu café de eleição.

quarta-feira, 17 de março de 2010

O Mago - Aprendiz de Raymond E. Feist


Já se encontra à venda a 1ª parte de uma das melhores obras de fantasia de sempre. Como tradutora, posso garantir que foi um dos livros com linguagem mais complexa e elaborada que já traduzi até hoje; nota-se o cuidado do autor na construção das frases, na escolha das palavras. O mundo que Feist cria é rico e com personagens e criaturas a contento de qualquer apreciador do género. Para mim, é fantasia ao mais alto nível.
Na fronteira do Reino das Ilhas, existe uma cidade tranquila chamada Crydee. Nessa cidade, vive um rapaz órfão de nome Pug. Trabalhando nas lides do castelo que o acolheu, ele sonha com o dia em que se tornará um guerreiro valoroso ao serviço do rei. Mas o destino troca-lhe as voltas e o franzino Pug acaba por tornar-se aprendiz do misterioso Mago Kulgan. Nesse dia, o destino de dois mundos altera-se para todo o sempre. Subitamente a paz do reino é esmagada, sem piedade, por misteriosas criaturas que devastam cidade após cidade. Quando o mundo parece desabar a seus pés, Pug percebe que apenas ele poderá mudar o rumo dos acontecimentos, penetrar as barreiras do espaço e do tempo, e dominar os poderes de uma nova e estranha magia... Esta é uma viagem por reinos distantes e ilhas misteriosas, onde irá conhecer povos e culturas exóticas, aprender a amar e descobrir o verdadeiro valor da amizade. Mas, no seu caminho, terá de enfrentar tenebrosos perigos e derrotar os inimigos mais cruéis.
Mais informações, no sítio da Saída de Emergência.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Jardim dos Segredos de Kate Morton


Para ler, reler e guardar na memória, esta é uma obra inesquecível que tive o privilégio de traduzir. A história, a linguagem, as viagens no tempo e no espaço são pontos fortes num livro que deixa fascinado qualquer apreciador de literatura ao mais alto nível.
Quem já leu, não poupa elogios, como é o caso da Canochinha da Estante de Livros, do blogue Cuidado com o Dálmata e também do blogue Planeta Márcia, entre outros.
Sinopse
"Uma criança perdida: em 1913 uma criança é encontrada só, num barco que se dirigia à Austrália. Uma mulher misteriosa prometera tomar conta dela, mas desapareceu sem deixar rasto.
Um terrível segredo: no seu 21.º aniversário, Nell Andrews descobre algo que mudará a sua vida para sempre. Décadas depois, embarca em busca da verdade, numa demanda que a conduz até à costa da Cornualha e à bela e misteriosa Mansão Blackhurst.
Uma herança misteriosa: aquando do falecimento de Nell, a neta, Cassandra, depara-se com uma herança surpreendente. A Casa da Falésia e o seu jardim abandonado são famosos nas redondezas pelos segredos que ocultam - segredos sobre a família Mountrachet e a sua governanta, Eliza Makepeace, uma escritora de obscuros contos de fadas. É aqui que Cassandra irá por fim desvelar a verdade sobre a família e resolver o mistério de uma pequena criança perdida."
do sítio da Porto Editora.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

A Arca de Natal de Richard Paul Evans

Aposta natalícia da Saída de Emergência, este pequeno conto que tive o prazer de traduzir vem guardado numa caixa de madeira que o torna ainda mais especial. Trata-se de uma simples mensagem de Natal que tantas vezes esquecemos e que serve para repensar a vida acelerada que levamos.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Dia de Reis


O Dia de Reis marca o final da época festiva. Guardam-se as árvores e os enfeites (já podia ter sido no fim-de-semana, mas não me deixaram) e come-se Bolo Rei... de Chocolate, what else?

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Aliança das Trevas


Já foi lançado há algumas semanas, mas esta falta de tempo crónica desorienta-me. A obra mais recente de Anne Bishop, lançada este ano nos Estados Unidos, já está disponível com a chancela, claro está, da Saída de Emergência que voltou a incumbir-me da tarefa de transpor mais uma história das Jóias Negras para o nosso português.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Doce 2010!

2009 terminou no Restaurante chinês em Belém, por ser diferente, por estar bem localizado e por não cobrar os preços astronómicos que os restaurantes portugueses cobram nesta época. Foi um ano que não me deixa grandes saudades, por isso foi com entusiasmo que me despedi, ao mesmo tempo que choro a passagem demasiado rápida do tempo... Não sei o que diziam as folhas de chá, mas espero que tenham vaticinado um ano bem melhor!

Céu iluminado e umas gotas de chuva deram as boas-vindas a este novo ano. Haja esperança!



2010 começou doce, com uma visita há muito adiada e olhos postos no futuro.


Feliz Ano Novo!