segunda-feira, 9 de maio de 2011

Feira do Livro 2011 e regresso ao passado...

Anos a seguir a sua obra, anos a lê-lo, a ouvi-lo... Decidi que daquele dia não passava e graças à paciência das melhores companheiras do mundo (Paula, Carla, Filipa - obrigada pela companhia!), esperei e esperei e finalmente conheci um dos meus autores de eleição, José Luís Peixoto. Pensei que não ia ser capaz de dizer nada, mas acolheu-me tão calorosamente que consegui transmitir-lhe um pouco daquilo que a sua obra representa para mim. Partilhou, entusiasmou-se, teve todo o tempo do mundo apesar de já estar ali há horas. Humilde e grandioso, subiu ainda mais na minha consideração. E tudo começou com o Antídoto...





As compras desse dia (poupadinha):



Final do dia nos Trobadores:










Sem comentários: